Áreas especiais no RS

As áreas especiais são delimitadas — legalmente ou não — por serem consideradas prioritárias para a preservação e a conservação devido a suas características ambientais, geológicas, históricas ou culturais.

As unidades de conservação da natureza são protegidas por lei por serem de extrema importância para garantir a proteção de áreas de relevância ambiental, garantindo a preservação dos ecossistemas e a manutenção da biodiversidade nesses locais.

As áreas indígenas são locais habitados por um ou mais povos indígenas e por eles utilizados para suas atividades produtivas. São imprescindíveis para a preservação cultural dos usos, costumes e tradições.

Os sítios geológicos são locais onde se encontram rochas e feições geológicas que possuem interesse científico e/ou que apresentam beleza natural.

Os geoparques correspondem a áreas cujos aspectos geológicos, arqueológicos, ecológicos, históricos ou culturais são considerados relevantes para a proteção, educação e desenvolvimento sustentável, e abrangem sítios geológicos de importância científica ou econômica (turismo).

Como citar

PESSOA, M. L. (Org.). Áreas especiais no RS. In: ___. Atlas FEE. Porto Alegre: FEE, 2017. Disponível em: < http://atlas.fee.tche.br/rio-grande-do-sul/socioambiental/areas-especiais/ >. Acesso em: 22 de novembro de 2017.