Urbanização do RS

A taxa de urbanização é a percentagem da população da área urbana em relação à população total. Ou seja, a população urbana é formada pelas pessoas que moram nas cidades, vilas ou áreas urbanas isoladas, definidas por lei municipal.

A taxa de urbanização do Rio Grande do Sul cresceu bastante nas últimas décadas, fenômeno que também ocorreu no País como um todo. Na verdade, foi a partir de meados da década de 60 que a população urbana passou a predominar no Estado, não parando de aumentar sua participação relativa desde então e chegando a 85,1% em 2010.

O Vale do Rio dos Sinos era o Corede com taxa de urbanização mais elevada em 2010 (97,90%), seguido pelo Metropolitano Delta do Jacuí (97,62%). Os seguintes Coredes tinham também taxas acima de 85,0%: Fronteira Oeste (88,87%), Serra (88,80%), Produção (86,83%), Paranhana-Encosta da Serra (86,71%) e Litoral (85,91%).  Por sua vez, o Corede Alto da Serra do Botucaraí (53,7%) ficava em último lugar.

Como citar

PESSOA, M. L. (Org.). Urbanização do RS. In: ___. Atlas FEE. Porto Alegre: FEE, 2017. Disponível em: < http://atlas.fee.tche.br/rio-grande-do-sul/demografia/urbanizacao-do-rs/ >. Acesso em: 27 de julho de 2017.